Carregando...

Nossa História

No dia 12 de dezembro de 1922, uma reunião popular foi realizada, a fim de definir a construção da igreja e eleger a comissão para dirigir a obra. A frente deste grupo estava o Revmo. Pe. José Vicente Schmitz.

Esta reunião aconteceu na escola que estava construída no pátio da igreja católica, para tratar da igreja que ainda seria construída. Num primeiro momento o padre José Schmitz queria que a igreja fosse construída em alvenaria e o povo queria de madeira, já que Rio Negrinho era muito rico em madeiras. Então fizeram uma votação e ficou definida a Igreja construída em madeira.

A construção

Aos sete (7) dias do mês de julho de 1924, às 10 horas da manhã, fez-se acontecer a colocação da pedra fundamental. "A Igreja que será construída será consagrada e terá como padroeiro o Santo Antônio. E neste mesmo dia Pe. José Schmitz celebrou solenemente uma missa campal, predicando em português e alemão." Em 13 de novembro de 1926 se deu a inauguração da Igreja, em madeira e como capela de São Bento do Sul, quando toda a população participou de uma passeata ou “flambrux” com lanterna acesas, bandas de músicas, passando pelas principais ruas. De minuto em minuto, nos morros da localidade se detonavam grandes bombas, como eram chamados os fogos de artificio, publicando a grande alegria. A Igreja ficou pronta e tornou-se o orgulho da comunidade católica como de toda a localidade.

No domingo dia 14 de novembro de 1926 foi consagrada solenemente a Igreja a Santo Antônio, pelo Revmo. Pe. Henrique Möller, vigário de São Bento do Sul, devidamente autorizado por Dom Joaquim de Oliveira, bispo de Florianópolis. No ano de 1930 foram feitos os altares laterais consagrados a Nossa Senhora Imaculado Coração de Maria e Coração de Jesus. Em 22 de maio de 1932, um tufão atingiu a cidade de Rio Negrinho, o qual segundo o livro tombo, "vergou a torre da igreja e danificou-a no portal de entrada e no telhado..." A Comunidade não desanimou e, com muito afinco, promoveu o conserto da Igreja para, em 1934, receber a pregação das Primeiras Missões pelo Revmo. Frei Silvestre.

Santo Antônio de Pádua - Igreja Velha
Santo Antônio de Pádua - Igreja Velha
Santo Antônio de Pádua - Construção

Na comunidade católica da época celebravam-se missas dominicais a cada 2 ou 3 meses, havendo empenho de todos para as melhorias da Igreja. As famílias doavam imagens, sino e demais bens necessários. O Grupo Teatral Jorge Zipperer arrecadou fundos para a aquisição dos bancos. No dia primeiro de novembro de 1944, Padre Celso Michels é transferido da cidade de Corupá, com o objetivo de construir um seminário. Esta obra teve início em outubro de 1944, e em janeiro de 1946 estava apta para receber os primeiros seminaristas, o que não foi possível devido a falta de padres. Padre Celso Michels, foi-se envolvendo em diversos trabalhos necessários em auxílio para o crescimento desta cidade.

Padre Celso, catarinense do sul do Estado, era um grande líder e fez maravilhas em Rio Negrinho. Contando com aproximadamente 5.000 habitantes naquela época e com a liderança do padre Celso foi construído o Seminário São José, o Colégio São José que era o Educandário Santa Terezinha, e a Igreja Matriz.

Aos 28 de agosto de 1946 às 10 horas reuniu-se o povo no Colégio Santa Terezinha para tratar da construção de uma nova igreja. Abriu a sessão solene o senhor Luiz Olsen e entre muitos presentes estavam senhor Carlos Weber, Padre Frederico Winckelmann, Padre Celso Michels e o senhor João Augustin.

Devido à escassez de pedreiros construtores no município e distrito, Padre Celso Michels parte no dia 2 de dezembro de 1946 à cidade de Brusque, Nova Trento e Angelina em busca de profissionais para a construção. No dia 8 de janeiro de 1947 foi assinado o contrato. No dia 15 de fevereiro começou-se o nivelamento do chão e dia 24 de fevereiro vieram os trabalhadores para o corte de terra. No dia 19 de março de 1947, dia de São José, foi celebrada uma missa em honra do mesmo santo, assistida por todos os trabalhadores da obra. E no mesmo dia às 13h45m foi lançada nos alicerces, a pedra angular (pedra fundamental). Estavam presentes os senhores Carlos Weber e o irmão José Brey e demais trabalhadores. O serviço de colocação de pedras nos alicerces perdurou até fins de julho de 1947, devido às muitas chuvas daquele ano, mas em agosto do mesmo ano iniciou-se a colocação de tijolos. Em meados do mês de março 1948 iniciaram-se os serviços de carpintaria. A arrumação do telhado ocupou 115 metros cúbicos de madeira.

Santo Antônio de Pádua - Alicerces
Santo Antônio de Pádua - Alicerces

As telhas da igreja Matriz foram conseguidas por crianças que faziam parte da Cruzada Eucarística. Diariamente elas iam, acompanhadas pelo coordenador da Congregação Mariana, na Estação Ferroviária para fazer a campanha pedindo doações para comprar as telhas. E assim se fez. Padre Celso então fez a compra das telhas. Na sexta-feira era o dia das carroças chegarem na cidade. Padre Celso então conversou colono por colono para que levassem as telhas da Olaria Engel para a Igreja Matriz. E no sábado os operários da Móveis Cimo cubriram a Igreja.

A antiga capela de madeira, que servia de andaime para a construção da nova igreja em alvenaria, enfim foi demolida aos 14 de junho de 1948. Em 07 de setembro de 1948 foi celebrada a primeira Missa solene, com estrondosa assistência e grande entusiasmo. Para facilitar a entrada na Igreja Nova apresentou-se uma turma de operários que aplainaram o chão à noite, sob a direção do senhor José Emanuel Linzmeyer. Terminada a construção o senhor Luiz Olsen e Padre Celso Michels apresentaram à Cúria Episcopal de Joinville à pessoa Revmo. Senhor Bispo Dom Pio de Freitas, a elevação à condição de paróquia que até então estava anexa à paróquia de São Bento do Sul.

Por bondade especial e em vista da boa vontade do povo de Rio Negrinho, o Exmo. Senhor Bispo achou justa esta petição, marcando para 14 de novembro de 1948 a oficialização da Paróquia Santo Antônio de Pádua.


Construção da torre

Santo Antônio de Pádua - Construção da torre

Inicialmente a igreja foi contruida sem a torre que atualmente encanta pela sua imponência. Pelos registros hitóricos, a torre da Igreja Matriz foi inaugurada em 13/06/1973, sob a coordenação dos trabalhos do pároco padre José Norberto Konrad, que aqui atuou entre 16/04/1972 e 31/12/1978. A mesma foi construida com andaimes de madeira amarrados com arames e cordas. As fotos da contrução da torre e da igreja podem visualizadas na galeria abaixo.

Não deixe de assistir também ao vídeo no final da página.

Santo Antônio de Pádua - Construção da torre
Santo Antônio de Pádua - Construção da torre
Carregando...